Dirigentes da CSPB conclamam permanente pressão contra a PEC 32


João Paulo Ribeiro e Lineu Mazano permanecem em vigília e nas articulações políticas para derrotar aa PEC 32 na Câmara dos Deputados

 

Diretor de Relações Institucionais da CSPB, João Paulo Ribeiro "JP", em discurso no estacionameto do Anexo II da Câmara dos Deputados


Nesta quarta-feira (29/09) dirigentes da Confederação dos Servidores Públicos do Brasil - CSPB permanecem em constante vigília e articulação política para derrotar a Proposta de Emenda à Constituição (PEC 32/2020) no Plenário da Câmara dos Deputados.

Nas transmissões de atos, nas redes sociais, nas mobilizações de rua, nas audiências públicas estaduais e municipais e no diálogo constante com lideranças políticas do parlamento brasileiro; os dirigentes da CSPB seguem firmes, desempenhando atuações de destaque na agenda sindical do setor público.

 
Secretário-geral da CSPB, Lineu Neves Mazano, em discurso no estacionameto do Anexo II da Câmara dos Deputados


Em discurso na área externa da Câmara dos Deputados, o Diretor de Relações Institucionais da CSPB, João Paulo Ribeiro “JP” comemorou a dificuldade do governo em conseguir maioria qualificada para aprovar a PEC 32 no Plenário da Casa Legislativa. No entanto, o líder sindical alertou que a circunstância só permanecerá favorável se as categorias prosseguirem firmes e unidas na desafiadora agenda de derrubar a proposta no Congresso Nacional.   
 

Assista ao discurso do Diretor de Relações Institucionais da CSPB:


 

 

O Secretário-geral da CSPB, Lineu Neves Mazano, reforçou que a mobilização segue “ganhando terreno” no convencimento de parlamentares. Em linha com o discurso de JP, Mazano alerta que a continuidade dos atos e mobilizações, virtuais e presenciais, continuam sendo determinantes para o sucesso.

 
Assista ao discurso do Secretário-geral da CSPB:
 


 
 

Secom/CSPB
 


URL for news «Dirigentes da CSPB conclamam permanente pressão contra a PEC 32»   -
«PORTAL DA CSPB»   -