'Necessitamos unificar a luta das mulheres da America Latina e Caribe', defende Kátia Rodrigues

22/11/2021 | 09:43





A diretora de Assuntos da Mulher da CSPB, da Fessp-Esp e do Sispesp, Kátia Rodrigues, foi eleita recentemente secretária de Gênero e Diversidade Confederação Latino Americano e do Caribe dos Trabalhadores Estatais (CLATE).

Em entrevista concedida à entidade, a dirigente falou sobre a campanha “16 dias de ativismo contra a violência de gênero”, que se incia neste sábado, 20 de novembro. A diretora também abordou os desafios impostos na defesa dos direitos das mulheres e dos coletivos no Brasil.

Dia da Consciência Negra – Kátia, explica que está prevista uma grande mobilização para marcar o Dia da Consciência Negra. “Desta vez, estaremos juntos nas ruas, com as centrais sindicais, movimentos feministas e de negros, unidos pelo fim da violência contra as mulheres e pela nossa maior bandeira de luta, que é o Fora Bolsonaro”, afirma Kátia.

CLATE – Sobre sua nova função como Secretária de Gênero e Diversidade do CLATE, Kátia defendeu a necessidade de promover o intercâmbio, o debate e o encontro entre as mulheres das organizações que compõem a Confederação, a fim de unificar suas lutas. Também expressou seu compromisso com a defesa da Convenção 190 e sua ratificação em todos os países da América Latina e do Caribe.


Assista abaixo à entrevista na íntegra:






Fonte: Federação dos Sindicatos dos Servidores Públicos no Estado de São Paulo - Fessp-Esp
 
.

Preencha o campo abaixo para receber todas as nossas notícias e informações diretamente no seu email! ;-)

Em vídeo, João Domingos Gomes dos Santos destaca papel indispensável dessas categorias, evidenciado, sobretudo, durante o enfrentamento heroico contra a pandemia coronavírus.