Comitê Executivo CLATE: As delegações apresentaram seus relatórios por país

31/05/2024 | 06:09



O segundo dia de deliberações do Comitê Executivo da CLATE aconteceu nesta quinta-feira na cidade de Willemstad, Curaçao. Durante o dia, as organizações membros de cada país apresentaram os seus relatórios de situação. 





Pela manhã desta quinta-feira (30/05), o encontro recebeu a visita da Ministra do Trabalho de Curaçao, Ruthmilda Larmonie-Cecilia , que afirmou: “Este evento reafirmou para mim a importância da nossa missão conjunta e a necessidade de continuarmos trabalhando juntos pelos direitos de todos trabalhadores. Individualmente estamos perdidos".





Antes de continuar com os relatórios por país, o presidente da CLATE, Julio Fuentes, agradeceu à Ministra a sua presença e entregou-lhe um presente em nome da Confederação: "Em nome de todos os meus colegas, quero mais uma vez agradecer a solidariedade e fraternidade com que nos receberam", disse o dirigente.





A delegação argentina foi a primeira a apresentar seu relatório ao Comitê Executivo. Estava integrado por: Estérea GonzálezHoracio González César Baliña, do ATE Argentina; Noelia Guzmán, do Centro de Aposentados ATE; Arturo Quiñoa, da APJBO; Guillermo Lugones e Matías Echarri, da UPJ.

 
Delegação da Argentina


Depois foi a vez da delegação do CSPB do Brasil, liderada por João Domingos Gomes dos Santos, chefe do CSPB e 1º Vice-Presidente da CLATE, que estava acompanhado por: Sergio Arnoud (secretário-geral adjunto da CLATE); Terezhina CastroMarco Antonio Correa da SilvaCarlos Alessander Costa Alves e Luis André Ferreira da Costa.

 
Delegação Brasileira


Seguindo a agenda, a delegação chilena apresentou seu relatório: Helmuth GriottIvonne Rozas e Carmen Luz Scaff, da ANEF; Juan Camilo Bustamante, da ASEMUCH; Miguel Arbiol Alejandro Silva Fuenzalida, da FENAMOP.

 
Delegação Chilena


A delegação colombiana, chefiada por Humberto Correa, também apresentou seu relatório de situação. É composto por: Licep Alexandra Briceño TorresElsa Virgínia Peña Josefina Rodríguez Vergara Elizabeth Osorio e Lizeth Katherine Rodríguez Vergara.

 
Delegação Colombiana


A próxima delegação a apresentar seu relatório foi a da Costa Rica, chefiada por Olman Chinchilla. O líder estava acompanhado por: Manuel Perez ArtaviarRicardo Chavarría CastroEliécer Rojas RodríguezRoy Montero Hernández Miguel Ángel Marin Cantero.

 
Delegação da Costa Rica


Depois foi a vez da representação cubana: Yaisel Osvaldo Pieter Terry, secretário-geral do SNTAP; e Santiago Badía González, secretário-geral do Sindicato Nacional dos Trabalhadores da Saúde de Cuba (SNTSG).

 
Delegação de Cuba


A delegação anfitriã também apresentou o seu relatório ao Comité Executivo. Fizeram parte da exposição de Curaçao: Adrie Williams e George Hernández (ABVO); Sharlyn Curial VillarrealAmado Vilchez e Ayary Fecunda (SAP); Juan Lourens (STRaF) e Thaise Lo-A-Njoe de Isidora (NAPB).

 
Delegação de Curaçao


Antes do intervalo, a Delegação da República Dominicana apresentou seu relatório. Os palestrantes foram: Delci Sosa (FENATRASAL); Margarita Belliard discordou (ANTRASALUD); Josefina Ureña (CONATE); María C. de los Santos Ramírez (ASOPSALUD); María de Jesús Perez (UNASE) e Albânia Vizcaína (FENAMUTRA).

 
Delegação da República Dominicana


Após o intervalo, o Comitê Executivo reuniu-se novamente para continuar as deliberações.

A primeira delegação a apresentar seu relatório à tarde foi a do Equador, chefiada por Wilson Álvarez Bedón, chefe do FETMyP. Estava acompanhado por: Néstor CanoJúlio Arias Kelvi Macias Alex Espinosa Johnny Garcia Oliver Mera e Danny Moreira.

 
Delegação do Equador


Depois foi a vez da delegação de El Salvador, integrada por Mario Montes e Roswal Solorzano, presidente e vice-presidente respectivamente da AGEPYM.


 
Delegação de El Salvador


Posteriormente, interveio a delegação da Guatemala. Luis Alpirez, secretário-geral do Sindicato Nacional dos Trabalhadores em Saúde da Guatemala (SNTSG), foi o encarregado de fornecer o relatório político.

 
Delegação da Guatemala


A delegação mexicana também apresentou seu relatório ao Comitê Executivo da CLATE. Estava integrado por: René Palomares Parra Marta Velázquez GómezLeonel García Chorreño Alfonso Gil Morán, da SUTEYM; e Sergio PadillaJosé Navarro Ramos e Carmen Rubio, da CONFEPIDER.

 
Delegação do México


Representando o Paraguai, Ana Luz Giménez, líder da UNTE-SN, foi a encarregada de apresentar o relatório de seu país.

 
Delegação do Paraguai


A delegação da CITE do Peru, chefiada pelo líder Ibis Fernández, juntamente com Godofredo Trujillo Huamani, também apresentou seu relatório sobre o que está acontecendo naquele país andino.

 
Delegação do Peru


A última delegação a apresentar o seu relatório foi a do Uruguai. Enquanto a reunião foi chefiada pelo secretário-geral da CLATE, Martín Pereira, a delegação uruguaia foi integrada por Silvia Tejera e Aníbal Varela, da ADEOM e Joselo López, do COFE.

 
Delegação do Uruguai


O dia terminou com as palavras de Martín Pereira, que garantiu que “a participação hoje, as palavras de todas as delegações, mostram-nos o compromisso com o trabalho das nossas organizações. Precisamos também agregar mulheres e jovens ao movimento sindical e continuar a crescer na representatividade de todos os servidores públicos da nossa Região".

 
Martín Pereira, secretário geral da CLATE


"Continuar a construir a CLATE, que se propôs trabalhar com as diferentes organizações da Região para construir a unidade necessária para defender os nossos direitos, é o nosso maior desafio. Muito obrigado por este dia intenso de hoje, colegas. Viva CLATE”, concluiu o secretário-geral da Confederação.


Leia mais: 


Curaçao: Delegação brasileira da CSPB prestigia e contribui com as discussões no 1º dia da reunião do Comitê Executivo da CLATE

Em entrevista, presidentes da CSPB e da CLATE levantaram questões contemporâneas que ameaçam os serviços públicos

CLATE reúne seu Comitê Executivo em Curaçao



Fonte: Confederação Latino-Americana e do Caribe de Trabalhadores Estatais - CLATE
 
.