João Domingos alerta: ‘Estão convencendo deputados aliados a aceitarem o substitutivo da PEC 32’

14/09/2021 | 08:03



Após audiência pública na Câmara Municipal de Cabo Frio (RJ), presidente da CSPB percebeu estratégia que visa ampliar o apoio, no âmbito da Comissão Especial, ao substitutivo que consegue piorar o texto original

 
João Domingos Gomes dos Santos, presidente da CSPB


Nesta segunda- feira (13/09), o presidente da Confederação dos Servidores Públicos do Brasil – CSPB, João Domingos Gomes dos Santos participou de audiência pública sobre a PEC 32 realizada na Câmara Municipal de Cabo Frio (RJ). Na oportunidade, o líder sindical percebeu que está em curso uma perigosa desinformação no âmbito dos parlamentares que integram a Comissão Especial destinada a apreciar e votar o texto substitutivo.  

 “O texto preserva integralmente o ‘Artigo 37 A’ da PEC, que é aquele artigo que configura a tal da ‘subsidiariedade’. Resumindo: Justamente o texto que acaba com o serviço público! Que transfere os serviços públicos para a iniciativa privada, restando ao Estado apenas remunerar o serviço contratado por meio de voucher’s distribuídos à população com valores inferiores à despesa que terão com serviços que hoje não são cobrados. Esse substitutivo é pior do que a PEC, porque ao mitigar danos menos relevantes, ele têm potencial desmobilizador. Não há nenhum outro destino para o texto da PEC e seu substitutivo que não seja a lata de lixo. Não há, nem mesmo, a possibilidade de um texto tão ruim ser emendado. Em ambos os casos o que permanece em curso é o fim dos serviços públicos”, avalia o presidente da CSPB.
 
Assista ao alerta do presidente da CSPB:
 


 
 

Secom/CSPB
 
.

Preencha o campo abaixo para receber todas as nossas notícias e informações diretamente no seu email! ;-)

Em vídeo, João Domingos Gomes dos Santos destaca papel indispensável dessas categorias, evidenciado, sobretudo, durante o enfrentamento heroico contra a pandemia coronavírus.