fechar atenção

Busca não realizada!

Sua busca deve conter no mínimo 2 letras

CLATE: João Domingos - “O Brasil deu um novo passo em direção à insensatez”

25/10/2019 | 07:04






CLATE Press



Com 60 votos a favor e 19 contra, o Senado brasileiro aprovou, na terça - feira de outubro, a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) nº 006/2019, mais conhecida como “reforma” da Previdência, promovida pelo Presidente Jair Bolsonaro e seu Ministro da Economia, Paulo Guedes.

"O Brasil deu um novo passo em direção à insensatez na data de ontem", disse o principal representante da Confederação que reúne servidores públicos brasileiros. "O Senado acaba de aprovar uma reforma de inspiração ultraliberal, que logo resultará miséria social", disse o líder sindical.

João Domingos afirmou que, apesar de o sistema de capitalização ter sido excluído do projeto, ainda assim, “a reforma previdenciária é extremamente prejudicial” para os trabalhadores. "Embora tenhamos conseguido mitigar alguns pontos do texto, que jogariam milhões de brasileiros imediatamente na miséria absoluta, mesmo assim, é uma reforma contra o povo e os trabalhadores", esclareceu Domingos.

"O pior - acrescentou - é que a luta está longe de terminar, porque o governo já está encaminhado ao o Congresso Nacional uma nova Emenda Constitucional que tenta restabelecer os pontos mais nocivos que conseguimos eliminar da primeira proposta".


Espelho chileno


O presidente da CSPB lembrou que “a grande inspiração deste governo para elaborar essa reforma previdenciária e implementar a capitalização é o modelo chileno, que agora se tornou, mais do que nunca, no espelho do que não precisa ser o sistema de aposentadorias.”

"Mas o sindicato e o movimento social brasileiro, apesar das dificuldades, apesar de afogados economicamente pelo governo, ainda têm coragem, disposição e poder de mobilização para reverter esse círculo ultra-liberal", afirmou João Domingos.

Ele acrescentou: “Somos inspirados pelo povo mexicano, que já derrotou Peña Nieto, o povo da Argentina, que em breve derrotará Macri, e especialmente o povo chileno, que está nas ruas com sangue, suor e coragem em defesa de justiça social ".

O 1º Vice-Presidente do CLATE destacou que “a solidariedade internacional é esencial, e para isso temos essa Confederação, para mobilizar toda a nossa região, lutar no Brasil e em cada um de nossos países contra todo e qualquer modelo econômico ultraliberal, especialmente no campo da seguridade social, onde a perspectiva se encamina para a ampliação da miséria social ".



Dia Continental 2020







Diante dessa situação, o Comitê Executivo do CLATE, que se reuniu na cidade de Toluca, México, nos dias 21 e 22 de outubro, decidiu convocar um Dia Continental de Mobilização em defesa dos Sistemas de Pensões para a primeira metade do ano 2020.

“Em todas as cidades onde há a presença de sindicatos de trabalhadores do setor público filiados à CLATE, juntamente com outras organizações sindicais e sociais, faremos marchas, paralizações, atos e ações diretas em defesa de um sistema de aposentadoria que o atenda as necesidades do povo, e não para os sistemas de capitalização que servem apenas aos bancos”, relatou o presidente da CLATE, Julio Fuentes, no México.

 
Clique AQUÍ e acesse o conteúdo original, em espanhol
 
 


 
Fonte: Confederação Latino-Americana e do Caribe de Trabalhadores Estatais - CLATE

 
.

Preencha o campo abaixo para receber todas as nossas notícias e informações diretamente no seu email! ;-)

24 de Maio: Presidente CSPB convoca filiadas e cerrarem fileiras em defesa da imediata redemocratização do país. Segue a íntegra do pronunciamento: