fechar atenção

Busca não realizada!

Sua busca deve conter no mínimo 2 letras

Fenapef e Cobrapol se unem para discutir pautas conjuntas

29/01/2019 | 06:24


Representantes da Fenapef participaram de congresso de trabalhadores policiais civis e reafirmaram parceria com a categoria.







A Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef) participou, nesse sábado (26), do Congresso Extraordinário da Confederação Brasileira de Trabalhadores Policiais Civis (Cobrapol), em Brasília (DF). O objetivo foi debater temas como lei orgânica, ciclo completo de polícia, unificação das polícias e reforma da Previdência.

O presidente da Fenapef, Luís Antônio Boudens, esteve presente no Congresso e falou sobre a experiência da Polícia Federal para implantar o ciclo completo no órgão. “Precisamos de uma reformulação na segurança pública, tanto no aspecto estrutural das polícias como no aspecto da carreira. A combinação dessas medidas é necessária e urgente para conseguirmos melhorar os números da segurança pública no Brasil.”

O diretor de Estratégia Sindical da Federação e presidente do Sindicato dos Policiais Federais do Rio Grande do Sul, Júlio César Nunes, endossou o discurso sobre a importância do ciclo completo e da carreira única para as polícias. “Essa são lutas comuns dos policiais brasileiros, pois o atual modelo não se sustenta mais. É importante unificarmos o discurso sobre os caminhos a serem trilhados.”

O policial federal e agora deputado federal Ubiratan Sanderson também participou do debate e acrescentou que trabalhará dentro do Congresso para que essas demandas sejam discutidas e ganhem visibilidade. “Minha proposta será defender as reivindicações dos policiais. Temos causas em comum com os policiais civis e queremos também assegurar uma aposentadoria diferenciada para os mesmos, com integralidade e paridade”.





Fonte: Comunicação Fenapef com informações da Comunicação Cobrapol

.

Preencha o campo abaixo para receber todas as nossas notícias e informações diretamente no seu email! ;-)

24 de Maio: Presidente CSPB convoca filiadas e cerrarem fileiras em defesa da imediata redemocratização do país. Segue a íntegra do pronunciamento: