fechar atenção

Busca não realizada!

Sua busca deve conter no mínimo 2 letras

João Domingos questiona decreto presidencial que flexibiliza ‘Lei da Transparência’

25/01/2019 | 12:39



CSPB  pretende realizar consultas e elaborar estudo quanto à legalidade desta portaria.








por Valmir Ribeiro
edição de Grace Maciel





Consultado pelo Jornal Gazeta do Espírito Santo, o presidente da Confederação dos Servidores Públicos do Brasil – CSPB, João Domingos Gomes dos Santos, compartilhou, nesta quinta-feira (24), preocupações quanto ao Decreto Presidencial Nº 9690/2019, que  flexibiliza a Lei da Transparência.

Assinado pelo presidente em exercício, Hamilton Mourão, o decreto altera a Lei de Acesso à Informação e permite que ocupantes de cargos comissionados da gestão possam classificar dados do governo federal como informações ultrassecretas, aquelas com grau máximo de sigilo. O texto amplia o número de autoridades que podem tornar essas informações sigilosas por 25 anos.

“Ampliar indiscriminadamente o número de agentes capazes de impor sigilo a dados públicos, vai na contramão das melhores experiências no tocante à transparência na administração pública. Iremos perseguir os meios legais para reverter esse retrocesso”, afirmou Domingos.



Ouça a íntegra da gravação do presidente da CSPB compartilhada ao Jornal Gazeta/ES:



 







Secom/CSPB

.

Preencha o campo abaixo para receber todas as nossas notícias e informações diretamente no seu email! ;-)

24 de Maio: Presidente CSPB convoca filiadas e cerrarem fileiras em defesa da imediata redemocratização do país. Segue a íntegra do pronunciamento: