fechar atenção

Busca não realizada!

Sua busca deve conter no mínimo 2 letras

TODAS NOTCIAS

  


13:45

João Domingos destaca o papel decisivo das manifestações e recomenda a participação de todo o cidadão brasileiro: É a greve, ou nada!

08:16

Os textos defendem interesses patronais, sem consenso com trabalhadores, protocolados por 20 deputados como se tivessem sido elaborados por seus gabinetes

08:05

Texto que altera pontos fundamentais da CLT é aprovado por 296 deputados federais.

07:36

O turbilhão político e econômico pelo qual atravessa nosso país nos últimos anos, tem nos trazido a constante ameaça nos recuos de nossos direitos e garantias. Desta vez, a Previdência, garantia de um futuro estável e tranquilo para nós e nossas famílias, está sob forte ataque, com o intuito de buscar sanar problemas oriundos da má gestão do sistema previdenciário.

07:24

Aldo Liberato recomenda que os sindicatos filiados tentem negociar com as Administrações Públicas a adesão à paralisação, sem que haja corte de pontos aos servidores públicos.

07:15

Lineu Neves Mazano, presidente da Fessp-Esp, reforça a convocação de toda a classe trabalhadora, em especial dos servidores públicos, para a Greve Geral do próximo dia 28/04/2017. Compartilhe o vídeo para que possamos espalhar as mensagens de luta contra a retirada de direitos do trabalhador brasileiro. Mobilize-se!

16:48

CSPB participa da cerimônia. CPI promete desconstruir farsa sobre o suposto "déficit" previdenciário e abrir as portas para apuração de denúncias de sonegação contra a Previdência Social. 

13:10

Lideres católicos e evangélicos repudiam reformas trabalhista e previdenciária e apoiam a Greve Geral marcada para sexta-feira (28).

 

08:19

Conteúdo da proposta indigna os que têm o mínimo compromisso com o Estado Social de Direito inaugurado pela Constituição de 88, hoje em fase de aniquilação.
1 2 3 ... 770 771 772 Prxima

Preencha o campo abaixo para receber todas as nossas notícias e informações diretamente no seu email! ;-)

João Domingos alerta que governo, ao "retirar" servidores municipais e estaduais da "reforma" da Previdência, pretende desmobilizar as manifestações contra a extensa agenda de retrocessos e jogar a conta da para governadores e prefeitos.