fechar atenção

Busca não realizada!

Sua busca deve conter no mínimo 2 letras

Fenapef consulta escrivães sobre unificação de cargos

8/08/2018 | 07:40





A Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef) e a Associação Nacional dos Escrivães de Polícia Federal (Anepf) querem conhecer a opinião dos escrivães do órgão acerca do projeto de unificação dos cargos de agente e de escrivão de Polícia Federal. Para tanto, lançam nesta sexta-feira (3) enquete voltada para os servidores do quadro, com intuito de fundamentar tomadas de decisão em mesa de negociações junto a Direção-Geral da PF.

“Esse é um pleito antigo da carreira, que pode contribuir para atenuar as divisões na organização, coibir o assédio por parte de superiores e tornar o processo investigativo menos burocrático e mais objetivo”, afirma o presidente da Fenapef, Luís Antônio de Araújo Boudens.

O porta-voz justifica o projeto afirmando que escrivães recebem a mesma formação na Academia Nacional de Polícia que os agentes de Polícia Federal. No entanto, são resignados a realizar apenas atividades cartorárias. “É uma das formas de perpetuar a divisão de classes sociais nos órgãos de segurança pública”, explica Boudens.

Segundo ele, o edital do concurso da Polícia Federal, que também foi objeto de pedido de revisão, é prova disso. “O termo ‘auxiliar’ é expresso diversas vezes na descrição de atribuições dos cargos. Ora, na Constituição Federal, escrivão não é auxiliar de delegado, e sim investigador”.


Próximas consultas


A intenção das entidades representativas é estender a pesquisa para os demais cargos da PF nos próximos dias.


Para acessar a pesquisa, clique AQUI.








- Fenapef cobra concurso para todos os cargos da PF

- Conselho aprova proposta legislativa com a unificação dos cargos de agente e escrivão

- GT da Fenapef cobra implementação da carreira única e outras medidas para modernizar o DPF






Fonte: Comunicação Fenapef

.

Preencha o campo abaixo para receber todas as nossas notícias e informações diretamente no seu email! ;-)

24 de Maio: Presidente CSPB convoca filiadas e cerrarem fileiras em defesa da imediata redemocratização do país. Segue a íntegra do pronunciamento: