fechar atenção

Busca não realizada!

Sua busca deve conter no mínimo 2 letras

MG: Feserp defende renúncia de Temer e eleições diretas

19/05/2017 | 07:41



Diante dos acontecimentos desta quarta-feira (17 de maio) – a revelação de que o presidente da República Michel Temer/PMDB foi gravado dando aval para a compra do silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha/PMDB (de acordo com a delação do dono da JBS, Joesley Batista) – A Feserp-MG (Federação dos Sindicatos dos Servidores Públicos Municipais de Minas Gerais) defende a imediata renúncia do presidente e a realização de eleições diretas para o cargo – que nesse caso depende de uma proposta de emenda à Constituição, já que no quadro atual a eleição seria indireta, por meio de escolha pelo Congresso Nacional.

“Queremos a renúncia do presidente e a normalidade da situação, dentro dos preceitos democráticos. A nossa marcha a Brasília, na próxima quarta-feira (24 de maio), contra as reformas Trabalhista e da Previdência, ganha essas duas novas bandeiras: o afastamento imediato de Michel Temer e a convocação, no prazo mais rápido possível, de eleições diretas para a presidência da República”, disse o presidente da Feserp-MG, Cosme Nogueira, que pediu aos sindicatos filiados que comece essas duas campanhas (renúncia já e eleições diretas já) em suas cidades.






Fonte: Federação dos Sindicatos dos Servidores Públicos Municipais de Minas Gerais - Feserp/MG

.

Preencha o campo abaixo para receber todas as nossas notícias e informações diretamente no seu email! ;-)

24 de Maio: Presidente CSPB convoca filiadas e cerrarem fileiras em defesa da imediata redemocratização do país. Segue a íntegra do pronunciamento: