fechar atenção

Busca não realizada!

Sua busca deve conter no mínimo 2 letras

CSPB, filiadas e parceiras realizam corpo a corpo com parlamentares no Aeroporto de Brasília

16/05/2017 | 11:14


Confederação e sua base cobram apoio político contra "reformas" que retiram direitos dos trabalhadores. 






por Valmir Ribeiro
edição de Grace Maciel








A Confederação dos Servidores Públicos do Brasil - CSPB, em ato conjunto com entidades filiadas e parceiras realizou, nesta terça-feira (16), uma mobilização  no aeroporto internacional de Brasília com o objetivo de buscar apoio parlamentar contra "reformas" do governo que retiram direito dos trabalhadores. 




Na avaliação do secretário-geral da CSPB, Lineu Mazano, o ato público vem em boa hora, num momento em que o governo está politicamente fragilizado e encontrando dificuldades de angariar apoio político às “reformas”. “Mesmo negociando cargos, ameaçando a base e abrindo um autêntico balcão de negócios no Congresso Nacional, o governo Temer, detentor de níveis recordes de impopularidade, enfrenta graves dificuldades de ordem política. O parlamentar que tem compromisso com uma agenda desenvolvimentista, em favor do progresso coletivo, não deseja vincular sua imagem à de um governo e uma agenda de retrocessos com tamanha rejeição social. É preciso aproveitar essa vantagem retórica e sermos ainda mais incisivos em nossas ações. Se hoje somos barrados na Câmara dos Deputados e no Senado Federal e, em consequência disso, somos impedidos falar com parlamentares; vamos então tratar desse pessoal lá no seu bairro, na sua região, na sua cidade. É necessário despertar o espírito democrático e exigir respeito. Vamos demonstrar à base eleitoral de políticos que se posicionam contra os trabalhadores que, os apoiadores dessas “reformas”, não estão comprometidos com o povo, mas o poder do capital financeiro”, argumentou Lineu.


Assista o vídeo da manifestação: 


 




Acompanhe o trabalho de abordagem do diretor da CSPB, Luiz Gonzaga Negreiros, realizado no Aeropotrto JK: 






O secretário de Certificação e Qualificação das Entidades Sindicais da CSPB, Luiz Gonzaga Negreiros, um dos organizadores do ato, avaliou como positiva a iniciativa e reforça a necessidade de ampliar esforços, nas ruas e nas articulações políticas, para barrar os retrocessos em curso. “Hoje estamos abordando, filmando e ouvido o posicionamento de cada parlamentar sobre essas maléficas reformas, trabalhista e previdenciária. Resolvemos nos reunir no aeroporto de maneira a romper a blindagem das casas legislativas, e, enfim, realizar esse corpo a corpo contra essa agenda criminosa. Solicitamos que nossos companheiros de luta façam o mesmo em seus estados, de maneira a conscientizar e pressionar a classe política contra as reformas que retiram conquistas trabalhistas acumuladas ao longo sete décadas, mas que o governo quer, em poucos meses, retira-las do texto constitucional. Aos a parlamentares que apoiam esses retrocessos um recado: o povo está de olho. Quem votar, não volta!”, concluiu o sindicalista.

 





Secom/CSPB

.

Preencha o campo abaixo para receber todas as nossas notícias e informações diretamente no seu email! ;-)

24 de Maio: Presidente CSPB convoca filiadas e cerrarem fileiras em defesa da imediata redemocratização do país. Segue a íntegra do pronunciamento: