fechar atenção

Busca não realizada!

Sua busca deve conter no mínimo 2 letras

MA: ENTIDADES DECIDEM CONVOCAR CONGRESSO EXTRAORDINÁRIO

16/05/2012 | 17:31

Dirigentes de entidades sindicais dos trabalhadores do judiciário, da educação, da saúde, do sistema de segurança e do serviço público municipal do Maranhão decidiram, por consenso, convocar um Congresso Extraordinário e Unitário para refundação da Federação dos Servidores Públicos no Estado do Maranhão (FESEP-MA). A reunião aconteceu na última sexta-feira, 11, no Hotel Brisamar, na Praia da Ponta da Areia, em São Luís (MA).

Participaram do encontro, sindicatos vinculados à União Geral dos Trabalhadores (UGT), à Nova Central Sindical dos Trabalhadores (NCST) e à Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), que decidiram marchar juntos na construção de uma federação unitária do funcionalismo público estadual e municipal no Maranhão. “Esse é um momento histórico. Essa discussão vinha amadurecendo há algum tempo e hoje se formou esse consenso”, declarou Julio Guterres, presidente da CTB/MA.

Para Julio Pinheiro, presidente do Sindicato dos Trabalhadores na Educação do Estado do Maranhão (Sinproessema), a dinâmica do movimento tem isolado os sindicatos em suas lutas específicas e “a criação de uma federação é um passo importante para o fortalecimento da luta orgânica dos servidores públicos”, avalia.

Por unanimidade, os sindicalistas decidiram indicar Weber Marques, Julio Guterres e Aníbal Lins para formar uma comissão com o objetivo de elaborar uma minuta de novo estatuto social e de proposta de plataforma de lutas dos trabalhadores do serviço público maranhense a serem debatidos no Congresso Unificado de Refundação da FESEP/MA.

Na opinião do presidente da UGT/MA, Weber Henrique Nascimento Marques, as entidades devem se concentrar mais na unidade em torno das questões regionais e menos nas divergências nacionais. “Temos que sentar à mesa e chegar a um entendimento, que permita a união de todos em torno do interesse comum”, defendeu.

Aníbal Lins, presidente do Sindicato dos Servidores da Justiça do Maranhão (Sindjus/MA) e presidente da FESEP/MA, agradeceu a participação de todos no encontro e reiterou seu compromisso de construir uma entidade legítima, forte e representativa. ”Até aqui vinhamos caminhando apenas com o apoio da UGT, da Nova Central e da Confederação dos Servidores Públicos do Brasil (CSPB). Mas sempre fui incentivado pelo presidente da CSPB, João Domingos Gomes, a reunir em torno desse projeto todas as centrais sindicais, no intuito de enraizar a federação nas lutas do conjunto dos servidores públicos maranhenses”, concluiu.

As entidades pretendem realizar o congresso extraordinário no prazo de quarenta e cinco dias, com a participação de delegações de todos os sindicatos já filiados e daqueles que se incorporarão à FESEP/MA.

Para Lindalva Lopes, diretora do Sindicato dos Professores de São Luís, o surgimento da federação será um importante reforço na luta dos trabalhadores do setor público, haja vista que os governos se unem para retirar direitos da classe e para impor restrições ao direito de greve. “Essa iniciativa é muito bem vinda, sobretudo se abrir mais espaço à participação das mulheres”, cobrou.

ASCOM – SINDJUS/MA

.

Preencha o campo abaixo para receber todas as nossas notícias e informações diretamente no seu email! ;-)

24 de Maio: Presidente CSPB convoca filiadas e cerrarem fileiras em defesa da imediata redemocratização do país. Segue a íntegra do pronunciamento: